Programa de Solidariedade Humana

Programa de Solidariedade Humana

a) Projeto Apoio ao PROEBOM

Recurso: Externos.

OBJETIVOS

AÇÕES

– Colaborar com as atividades e/ou palestras educativas e preventivas realizadas nas Unidades do Corpo de Bombeiros Militar, fornecendo profissionais especializados que atuarão na formação dos Bombeiros Mirins.

a)    Oferecer profissionais especializados para ministrarem palestras educativas; e realizarem, caso seja necessário, acompanhamento psicológico de crianças que possam apresentar distúrbios comportamentais.

b)    Apoio na formação e capacitação de instrutores do programa com cursos, seminários, congressos e treinamentos.

– Buscar e gerir recursos provenientes do setor público ou privado necessários à execução das atividades relacionadas ao Programa Educacional Bombeiro Mirim.

a)    Promover a captação de recurso para apoiar o programa.

b)    Através de parcerias, aquisição de materiais didáticos e materiais em geral para o desenvolvimento das suas atividades administrativas e operacionais.

b) Projeto Apoio ao PROAMA

Recurso: Externos.

OBJETIVOS

AÇÕES

– Realizar a coleta e distribuição de leite humano à população de Goiânia e Região Metropolitana e incentivar o aleitamento materno e doação de leite humano.

a)    Realização de coleta de leite humano para beneficiar os bebês do Hospital Materno Infantil.

b)    Realização de visitas de orientação sobre a coleta e conservação do leite humano.

c)    Incentivar o aleitamento materno e doação de leite humano, através de palestras e orientações.

c) Projeto solidariedade humana

Recurso: Externos (celebração de parcerias).

OBJETIVOS

AÇÕES

– Desenvolver parcerias com entidades públicas ou privadas e população em geral, para realização de programas e campanhas assistências a comunidades carentes ou em situação de necessidade e outras entidades de cunho social.

a)    Promover a captação de recursos para apoiar o programa.

b)    Realização de campanhas de arrecadação de alimentos.

c)    Realização de palestras e atividades coordenadas por equipe multidisciplinar (psicólogo, assistente social e psiquiatra) que visem o combate ao uso de drogas.